InformaçãoInvestigaçãoSaúdeTratamentos

Regulador europeu de medicamentos recomenda uso restrito de Lemtrada

By 2019-11-05 Novembro 12th, 2019 No Comments

O Lemtrada (Alemtuzumab) deve ser restrito a pessoas com EM remitente recorrente altamente ativa, de acordo com uma revisão realizada pelo Comité de Segurança de Medicamentos da Agência Europeia do Medicamento (EMA).

A EM remitente com recidiva altamente ativa cobre as pessoas que continuam a ter recaídas, apesar de tomar pelo menos um medicamento modificador da doença ou se a EM progredir rapidamente com pelo menos duas recaídas incapacitantes num ano e as ressonâncias magnéticas mostrarem nova atividade da EM. Além disso, o Lemtrada não deve ser usado em pessoas com certos problemas cardíacos, circulatórios ou hemorrágicos ou em pessoas com outros distúrbios auto-imunes que não a EM.

As recomendações também incluem novas medidas para identificar e tratar problemas que podem ocorrer após a administração do Lemtrada.

No início deste ano, a EMA iniciou a sua revisão de Lemtrada após relatos de efeitos colaterais que afetavam o coração, vasos sanguíneos, fígado e sistema imunológico. Esses efeitos colaterais são raros, mas potencialmente graves. Enquanto a revisão estava a ser feita, o tratamento com Lemtrada foi restrito a pessoas com EM remitente recorrente que continuavam muito ativas, apesar de tomarem pelo menos dois medicamentos modificadores da doença.

Fonte: MS Trust