InformaçãoSPEM

Adeus a Rosalina Machado. Uma mulher à frente do seu tempo

By 2021-01-26 Fevereiro 5th, 2021 No Comments

A segunda Presidente da História da SPEM, Rosalina Machado, faleceu no passado dia 25 de janeiro, deixando um enorme legado não só para a nossa Associação, como para o país e o mundo. 

 

Rosalina Machado, fundadora e segunda Presidente da história da SPEM, faleceu ontem, dia 25 de janeiro, aos 80 anos, na sequência de um cancro no pulmão contra o qual lutava há vários anos – faleceu um dia depois do marido de há mais de 50 anos, Francisco Tavares Machado, vítima de covid-19.

Rosalina é conhecida como pioneira e empreendedora, tendo feito parte da história da SPEM, da emancipação feminina e do crescimento de uma das maiores agências de publicidade no país e no mundo, a Ogilvy. Em 1990, a sede da SPEM é transferida para instalações cedidas pela Ogilvy & Mather, na Rua Horta Seca, em Lisboa. Também graças a Rosalina Machado, em 1991, a Associação torna-se membro efetivo da Plataforma Europeia de Esclerose Múltipla.

Rosalina foi a primeira mulher portuguesa presidente de uma multinacional e a primeira em todo o mundo à frente de uma sucursal da Ogilvy, sendo presidente da agência durante 20 anos e chairwoman durante os seus últimos quatro anos na empresa. “Foi sob a sua liderança que a Ogilvy teve anos muito prósperos, chegando a ser uma das grandes agências nacionais tanto ao nível de colaboradores como de clientes”, recorda Ricardo Monteiro, antigo presidente e chairman global do grupo Havas, em declaração ao Dinheiro Vivo.

“A Rosalina era indiscutivelmente uma força da natureza, com um sol e um sorriso que faziam da sua presença, uma presença única, inteligente e amiga.”, afirma Cristina Saarinen, Ex-Presidente da Mesa da Assembleia Geral da SPEM

Rosalina Machado foi uma excelente mulher de negócios e com uma forte atividade cívica e política, diferente no nosso panorama, com uma notoriedade pública acima dos demais homólogos. Rosalina foi sempre uma líder. Soube ombrear e ir mesmo além de muitos homens de negócios da sua geração, sendo reconhecida em Portugal e no mundo. “O seu legado para a história nacional, e para a história da publicidade em Portugal, ficará para sempre ligado ao pioneirismo e emancipação feminina e também ao nascimento e crescimento da Ogilvy no nosso país”, refere a agência BAR Ogilvy (ex-Ogilvy), em comunicado enviado à imprensa.

Fotografia de família: fundadores e dirigentes foram distinguidos com troféu comemorativo dos 35 anos da SPEM

Segundo declarações de Francisco Costa, ex-colega de Rosalina e diretor de serviço a clientes da atual BAR Ogilvy, ao Dinheiro Vivo, “a Rosalina deixava, em tudo o que fazia, um sorriso, uma felicidade, uma alegria contagiante. Marcou várias gerações de publicitários com a sua atitude positiva, com a sua profunda honestidade e a certeza que as empresas são pessoas. Pessoas que ela apoiava, incentivava e ajudava mesmo fora do universo profissional. Rosalina Machado sabia que a felicidade é o bem mais valioso de uma empresa“. Por sua vez, Ricardo Monteiro avança ainda que Rosalina “tinha uma grande elegância na forma de tratar as pessoas”.

Homenagem da SPEM à Ex-Presidente Rosalina Machado

A direção da SPEM, os seus trabalhadores e voluntários expressam o mais profundo pesar neste momento de luto da família e amigos pelo falecimento da sua sócia fundadora e Presidente, a Dra. Rosalina Machado e do seu marido, nosso amigo o Dr. Francisco Machado. Ao João Pedro, seu filho e à Catarina e ao Diogo, seus netos, a SPEM dedica-lhes estas breves palavras de conforto da nossa associada e Ex-Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Cristina Saarinen.

“À Rosalina,

A Rosalina era indiscutivelmente uma força da natureza, com um sol e um sorriso que faziam da sua presença, uma presença única, inteligente e amiga.

Excelente comunicadora por natureza, iniciou a sua carreira empresarial na publicidade, acabando por criar em 1986 e com enorme êxito a Ogilvy & Mather onde assumiu a presidência, tornando-se a primeira mulher portuguesa a liderar uma multinacional e a primeira em todo o Mundo a dirigir uma sucursal da Ogilvy.

Rosalina Tavares Machado, segunda presidente da SPEM, a receber o troféu dos 35 anos de Historia da SPEM

Abraçava com força todos os projetos com um entusiasmo contagiante e foi assim que paralelamente com a vida profissional integrou o grupo dos fundadores da SPEM, tendo sido o seu segundo Presidente, conferindo-lhe uma visibilidade dificilmente ultrapassável.

Um dia, salvo erro em 2009 em pleno Chiado e saindo da conversa que estavamos a ter, perguntou-me: Olha e se fossemos almoçar ao Belcanto?

Quando lá chegámos compreendi o porquê daquele convite: tinha acabado de comprar o restaurante! Ao fim de duas décadas deixara a Ogilvy e passara a dedicar-se aos negócios de família com o seu marido Francisco.

Era assim a Rosalina. Com ela tudo era um acontecimento. Tudo era diferente. Até a forma como encarou a doença e como esperou que o Francisco partisse no domingo, para ela o seguir na segunda feira!

Diz-se que não há coincidências… este foi certamente um bom exemplo!

Como diz o poeta “O que a memória ama, fica eterno!”. Assim ficará a Rosalina.”

Cristina Saarinen,
Amiga de Rosalina Machado e Ex-Presidente da Mesa da Assembleia da SPEM (2015 a 2018)