DelegaçõesEM CasaInformaçãoSPEMTecnologia

EM’Rede cria ainda mais laços

By 2021-04-24 No Comments

A SPEM pretende criar laços entre a comunidade com EM e empoderá-la por meios digitais. Com o EM’Rede a assistência prestada aos utentes associados será cada vez mais personalizada

 

Em Portugal, muitas são as Pessoas com EM que vivem no interior e, por isso, mais isoladas e com maiores dificuldades de acesso a terapias de reabilitação. Assim, por forma a combater este isolamento social, em 2020, a SPEM criou o projeto piloto “EM’Laço Itinerante”.

O EM’Laço prestava cuidados ao domicilio, criava atividades para o doente e empoderava-o com formações que melhorassem a sua aptidão com plataformas digitais para quebrar esse mesmo afastamento da restante sociedade.

Com a pandemia adaptámo-nos e, em 2021, o EM’Rede será o projeto que dará continuidade ao EM’Laço, continuando com o mesmo objetivo e tornando-nos ainda mais fortes na assistência que prestamos, por via de plataformas digitais que nos permitirão cuidar remotamente e, cada vez mais, de forma personalizada dos utentes associados.

A cada um dos participantes do projeto é atribuído um equipamento digital (computador ou tablet). Posteriormente, a SPEM forma-os para que estes possam trabalhar com os gadgets e, no futuro, consigam ter acesso a um acompanhamento digital feito pelos nossos especialistas de psicologia, assistência social, fisioterapia, terapia da fala, atividades ocupacionais, entre outras.

Segundo Carlos Correia, beneficiário do projeto, “a vida com EM tornou-se mais colorida por partilhar emoções e experiências de vida com outras Pessoas com EM“.

Com esta iniciativa a SPEM pretende criar laços entre a comunidade com EM. Muito além dos apoios e assistência prestada, queremos também promover a interação com sessões de grupo dinâmicas (conversas, formações ou atividades via Zoom), com vista a terminar com o isolamento.

A título de exemplo, o último desafio lançado pelo EM´Rede, desta vez realizado juntamente com os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da SPEM Lisboa, consistia numa atividade plástica para a Páscoa.

Em 2020, ajudámos 31 Pessoas com EM. Assim, tentando cobrir as suas necessidades com uma maior intervenção digital, neste novo ano, a SPEM presta já assistência a 40 Pessoas com EM e a 60 cuidadores informais/familiares, os quais se encontram em áreas mais afastadas dos grandes centros urbanos. Desta forma, esperamos que, com o crescimento deste projeto, durante o ano de 2021 possamos ajudar muitas mais.