InformaçãoSPEM

Gostava de saber o que os astros lhe reservam? A Diana responde

By 2021-03-26 No Comments

Já se perguntou o que os astros dizem sobre si e sobre o seu caminho? Gostava de conhecer o seu mapa astral? O novo protocolo apresentado pela SPEM pode ser a solução

 

Licenciada em engenharia informática, trabalhou cerca de 11 anos na área. Em 2014 foi diagnosticada com Esclerose Múltipla e as suas prioridades foram-se alterando gradualmente.

“Comecei a pensar que perdi demasiado tempo com coisas que gostava ‘mais ou menos’ e não com o que me fazia vibrar (…). Nesse sentido, a doença acabou por ser um incentivo quase perfeito para ir em direção da minha liberdade – por exemplo, estudar as coisas de que gostava verdadeiramente.”

Estamos a falar da Diana Eugénio, escritora do livroA Doença – o meu maior mestre” (obra publicada em 2020, onde conta a sua história pessoal, desvendando os desafios que enfrenta diariamente) e apaixonada pelo desenvolvimento espiritual e autoconhecimento.

A astróloga fez agora um protocolo com a SPEM, dispondo-se, por isso, a realizar consultas online, no valor de 35€, em que parte do valor destas reverterá para a Associação. Desta forma, poderá beneficiar, já a partir de março, dos conhecimentos da Diana e agendar uma consulta astral para matar a sua curiosidade.

Missão astral

Com o fascínio pela cura interior, visto acreditar “que a verdadeira cura está em ir ao padrão emocional, ou seja, à raiz do problema”, Diana revela que foi calmamente “construindo condições” que a aproximassem de quem realmente é.

A jovem adora procurar o “significado mais profundo” nas experiências do dia a dia. Segundo conta na sua página oficial, Diana adora estudar e “até ter sido diagnosticada com Esclerose Múltipla tinha-me esquecido disso. (…) A própria vida, sabiamente, encarrega-se de nos redirecionar. Por norma, através de algum tipo de perda que nos faça parar, render e, por fim, mudar de direção.”

Assim, com vista a auxilia-la a clarear as histórias de vida de cada um, a curiosa pelos astros utiliza duas linguagens antigas e simbólicas: a Astrologia e a Numerologia. “Estas ajudam-me a desvendar os códigos únicos, que cada um de nós traz, e que, em conjunto com a colaboração e vontade de se curar da própria pessoa, podem ser ferramentas muito eficazes para a cura do padrão original das nossas questões.”, refere.

Neste sentido, Diana explica que “cada ser humano carrega em si um mundo inteiro e muitos mistérios”, afirmando que a partilha do que tem aprendido é a sua missão. Tal baseia-se em perceber:

  • Que as respostas às minhas perguntas estão na minha história de vida;
  • Que a mente, que se encontra ao longo de todo o corpo, tem um papel preponderante na nossa saúde e no prolongamento da doença/desafio;
  • Que somos infinitamente maiores do que aquilo que algum dia imaginámos;
  • Que temos ligação à Fonte/Deus/Divino, a todo o instante e quando assim o escolhemos.