A 6 de dezembro de 2019, a Plataforma Europeia de Esclerose Múltipla e a SPEM lançaram a única formação online e gratuita para enfermeiros que acompanham doentes de Esclerose Múltipla.

A partir de agora, os enfermeiros portugueses que cuidam de pessoas com Esclerose Múltipla (EM) poderão realizar a formação online na sua própria língua materna. O projeto MS Nurse PRO prevê a construção de uma comunidade ativa de enfermeiros que buscam padrões mínimos de atendimento harmonizados para as pessoas que vivem com EM em toda a Europa, promovendo a capacitação de enfermeiros e cuidadores.

A missão do MS Nurse PRO é fornecer, tanto a nível europeu como nacional, conteúdo educacional on-line e off-line, partilha e oportunidades de networking para enfermeiros que trabalham com pessoas com EM na Europa. A análise de impacto mostra que o MS Nurse PRO atende às necessidades do utilizador e exerce uma influência positiva na prática clínica, resultando em um atendimento aprimorado para pessoas com EM.

O programa MS Nurse PROfessional é o único programa de formação online, gratuito e credenciado para enfermeiros que trabalham no campo da EM, coordenado pelo EMSP, em parceria com a Organização Internacional de Enfermeiros de Esclerose Múltipla (IOMSN) e Reabilitação em MS (RIMS).

É uma formação integrada e interativa, que abrange seis áreas de estudo relacionadas com os cuidados de enfermagem na EM: diagnóstico, avaliação, tratamento, cuidados de apoio e reabilitação. Os conteúdos foram desenvolvidos e certificados pelos maiores especialistas da área a nível europeu.

Lançado em 2013, o MS Nurse PRO possui mais de 7.500 usuários registados em mais de 30 países. Atualmente, está disponível em 12 idiomas e está estabelecido em 15 países europeus.

O evento de lançamento em Lisboa contou com a presença de mais de xx participantes, desde enfermeiros, estudantes, representantes de associações de doentes, outros profissionais de saúde e indústria farmacêutica. A apresentação do programa MS Nurse PROfessional foi da responsabilidade de Anne Winslow, presidente do Comité Executivo do programa formativo, e Nora Kriauzaitė, coordenadora de projetos da Plataforma Europeia de Esclerose Múltipla.